Venda de produtos agricolas e caixa registradora fiscal

Ao vender produtos ou serviços registrados em custódia fiscal novitus, um pequeno empreendedor deve ter muitos assuntos relacionados a essa ferramenta. Ter uma caixa registradora está conectado com as obrigações do governo, que são reguladas em detalhes em leis e regulamentos similares. Mesmo antes do início das operações, o futuro proprietário da empresa descobre que baixar da caixa registradora não será fácil. Você não pode começar a vender diretamente depois de comprar o dispositivo.

O processo de fiscalizaçãoVocê deve primeiro encontrar um serviço autorizado a lidar com caixas registradoras que realizarão sua fiscalização. Você precisa notificar o escritório de impostos sobre esta atividade, já que seu homem precisa agir nela. O mesmo é a escolha e mudança do serviço de caixa registradora. De qualquer forma, todo empresário sabe como as regras são complicadas e que cabe às autoridades competentes testemunhar todas as mudanças em nossos negócios. Somente após a fiscalização, o escritório de impostos dá ao mercado um tamanho único e este equipamento é apropriado para aproveitar. Tendo uma caixa registradora, você deve mencionar uma série de obrigações relacionadas não apenas ao trem de serviço, mas também ao uso regular da caixa registradora.

relatóriosÉ extremamente importante lembrar-se de fazer relatórios diários, trimestrais e anuais que decidam o resumo do crescimento das vendas. Como a caixa registradora - assim como todos os dispositivos eletrônicos, não estão dispostos a usar, devemos mencionar a realização de treinamento adequado em sua operação. Uma pessoa bem-educada provavelmente não falhará e não exporá o proprietário a despesas desnecessárias combinadas com um título fiscal. Com uma caixa registradora, você também precisa se lembrar de comprar um dispositivo especial que servirá no caso de uma falha da bilheteria principal. A caixa registradora adicional também deve ser informada à administração fiscal. É claro, todos os cassinos fiscais devem ser atendidos através do único serviço que ajudará não no sucesso da falha do dispositivo, mas também realizará as inspeções técnicas necessárias, que devem ser realizadas a cada dois anos.